Mãos prá cima, estou armado!!

Garçom imagem grande

Estou na rua, saco meu cartão de crédito, e como um hamburguer
e o que mais vier, e sacio minha fome.
Pelas câmeras de segurança deixo meu rosto, autenticando
minha fama. De mau, de bonzinho, de tudo…
Saco minha carteira no pub enfumaçado, e o garçom levanta
as mãos com uma cerveja bem gelada.
Cigarros não aceito. Só de vê-los cobrindo tantos cinzeiros,
já me dá náuseas.
Uma loira se levanta de sua mesa; no primeiro passo seu
salto alto se quebra, quase fazendo-a ir ao chão. Ela
prefere então tirar as sandálias, e carrega-las nas mãos
em direção ao toalete.
Madrugada se adentrando, música alta, conversas difusas,
fumaça ocupando cada centímetro quadrado, e o barulho
de gargalos se esvaziando em copos e canecas.
Saco minha carteira, fecho a conta, e saio pra rua.
Fria, silenciosa, medonha.
Numa esquina policiais e pessoas a soprar bafômetros.
Hoje motorista que bebeu não dorme em casa.
Saco minha carteira na direção do homem do táxi.
Seus olhos brilham ao ver o dinheiro. Peço pra me deixar
em casa são e salvo. Fecho os olhos, repouso na poltrona
e sigo o meu caminho.
cartao-de-credito-empresarial    cartoes-de-credito

Anúncios