História de ninar

casal
– Toda vez que ouço essa música eu choro!…
– Por que amor é só uma música…
– Eu sei; não tem explicação! Não consigo entender!… Começo a lembrar de coisas
que passaram, acontecimentos…
– Amores?!
– Tudo bem, pode ser também!… Mas… É uma coisa que… Não ‘tá em
mim… Eu… Eu ouço e só quero chorar…
– ‘Tá bem!… Vamos fazer o seguinte… A música rola… Você me abraça; e chora no
Meu ombro… pode ser?
(silêncio… respira fundo) Há, há, há… Aí não… Eu vou é rir… Há, há, há…
– É mesmo, vai ficar é engraçado…
– Eu… agarrado em você; e chorando copiosamente… há, há, há…
– Mas se você me der umas quatro doses cowboy daquele seu Jack Daniel’s¨ eu
Choro também, há, há, há…
– Se você tomar quatro doses, você vai ficar… ¨louca¨… vai começar a lembrar de
Coisas que eu acho que na verdade nem existiram!…
– O que você quer dizer com isso? Vai me dizer que o que te contei sobre Paris é
Mentira?!
– Não ‘tô falando nisso não…
– Nãooooo!! Você faz coisas que poderiam encaixar em um livro… um livro de ficção!…
E eu… com meus casos reais!… E você ainda duvida!…
– Não é isso amor!… É que… suas histórias…
– São falsas!! É isso!! É tudo mentira! ‘Tá bom! ‘Tá bom!! Eu não… eu não vou mais
Falar de Paris… nem de Bruxelas… nem de Roma… nem de Estocolmo!…
– Peraí!!… Estocolmo?! Você nunca me falou de Estocolmo!…
– Ahhhhh… agora você quer saber, não é?! Pra me taxar de mentirosa, não é?! Pois
Fique sabendo… de Estocolmo não falo pra você… não falo!!
(cada um vira para um lado)… (silêncio)…
– Amor?…
– Huummmmmmm…
– Sabe aquela música que te falei?
– Huummmmm…
– Na verdade… Quando eu a ouço com a cabeça cheia de ¨birita¨ eu fico é…
– Ah, amor vem cá!… deixa eu te exorcizar…
– O que? Há, há, há… aí nãoooo!!… esperaaaaa!!!……

Anúncios